A Guarda Pretoriana


A guarda pretoriana foi instituída por César Augusto para custódia do imperador romano , Em alguns relatos, depois da tomada de poder por Otaviano, a guarda pretoriana se tornaria a guarda pessoal do imperador. Em outros relatos, a guarda foi formada por Otaviano depois da conquista do Egito.

A Guarda era formada por legionários experientes, o termo pretoriana provém do latim “Praetoriani” e tinham como missão a proteção do “praetorium”, área central dos acampamentos da tropas da legião romana, principalmente nas instalações onde se acomodavam os oficiais.A criação da guarda inicia no século I a.C e amadurece nos primeiros anos do século I d.C. Os acampamentos vigiados pela guarda eram semelhantes a uma pequena cidade. A guarda pretoriana participou no assassinato de Calígula, sendo utilizada também para validar as leis de alguns imperadores por meio da força.


Enquanto que as legiões romanas utilizavam escudos retangulares, a pretoriana permaneceu usando escudos ovais dos tempos da república. Também se vestiam de um jeito diferente. Era considerada o conjunto de elite da frente militar romana, era responsável por proteger os imperadores romanos e sua família.

Inicialmente constou de 9 cohortes, seguidamente de 10, cada uma de 1000 homens (10 centurias de infantaria e 10 turmas de infantaria) e às ordens de um tribuno. Para esta guarda, Tibério mandou construir um aquartelamento (casta praetoria) nonordeste da cidade de Roma, através do Quirinal. A guarda pretoriana estava sob ordens de um ou vários prefeitos (praefecti praetorio) e era privilegiadarelativamente às restantes tropas, não só no que se refere ao salário, mas também ao tempo de prestação de serviço (que era mais breve).

Em determinada época, a sua existência também possuía influência política na escolha e permanência de imperadores. Quando um soldado da legião romana alcançava reconhecimento pela sua lealdade e destreza nas batalhas, era encaminhado para a Guarda Pretoriana onde o ordenado mais elevado. Antes de sua recomendação, o soldado passava por testes físicos. Em 312, Constantino dissolve a Guarda Pretoriana para sempre.

Fonte do Texto: InfoEscola , Infopédia
Edição Total: História Espetacular

6 comentários:

Gabriel disse...

Muito Bom Gui ! :D

GNOSE LIBERTA disse...

Praticamente a primeira tropa de elite da história...muito boa a postagem...

Tanque Silva disse...

Muito bom artigo. Adorei e acabei de te adicionar ao meu blog.
http://ahistoriadahistoria.blogspot.pt/

Guilherme disse...

Muito obrigado , sejam todos bem vindos pessoal !

Anônimo disse...

O IMPERIO

Sylvio Mário Bazote disse...

As tropas de elite dos impérios e reinos quase sempre são um assunto muito interessante para estudar.
Gosto particularmente das referentes à cidades-estado gregas, pois mostram como é possível as sociedades humanas se organizarem de forma tão diversas, mesmo existindo em um tempo e espaço próximos.

Postar um comentário